O que é o texto alternativo e como otimizar as imagens do seu blog agora mesmo

O texto alternativo pode te ajudar a alcançar muito mais visitantes pelo Google. Saiba como preenchê-lo corretamente.

Você sabia que cerca de 19% dos resultados de pesquisa do Google também mostram resultados de imagens para os usuários? Isso significa que, embora ignorado por muitos proprietários de blogs, as imagens do seu post podem aparecer nas pesquisas e ser ótima fonte de tráfego orgânico, desde que se utilize o texto alternativo.

Tráfego orgânico é aquele em que os visitantes vem através dos mecanismos de busca como o Google, quase sempre vindo das pesquisas feitas por eles ou de links indicados por outras páginas.

Nesse post, vamos explicar em detalhes o que é um texto alternativo de imagem, porque ele é útil para SEO e como escrever o seu para ganhar o máximo possível de visitantes. 

O que é o texto alternativo de imagem?

O texto alternativo de imagem (ou alt), também conhecido por alt tag ou descrições alt, é o texto que aparece quando uma imagem não carrega corretamente no navegador do usuário. Porém, apesar de funcionar dessa forma, o alt text também serve para ajudar leitores com deficiência visual a entender o que está contido em uma imagem por meio de ferramentas de leitura específicas.

Mesmo que seja uma prática interessante para SEO, porque como veremos a frente, preencher o texto alternativo das suas imagens pode trazer vários novos visitantes, a maior vantagem dessa ação é de criar uma melhor experiência do usuário para quem acessar suas páginas. Assim, você estará ajudando muito pessoas com deficiência a entenderem o conteúdo do seu post e, muitas vezes, se tornarem visitantes assíduos por conta disso.

Por que texto alternativo (alt tag) da imagem é importante?

O texto alternativo é importante por três grandes motivos: a acessibilidade para usuários com dificuldades; a experiência do usuário, no caso de conexões lentas ou problemas de renderização do site no navegador; e o tráfego orgânico vindo do Google imagens, muitas vezes sendo esse último o efeito mais desejado. Falaremos sobre cada um desses tópicos a seguir. 

Acessibilidade

A W3C, sigla de World Wide Web Consortium, a principal organização de padronização da internet, publicou em 1999 as Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo da Web. O objetivo era explicar como sites poderiam ser mais acessíveis para usuários com deficiência. Dentre várias diretrizes muito importantes, está a de “Fornecer alternativas equivalentes ao conteúdo auditivo e visual”. Ou seja, todas as páginas que possuam imagens deveriam possuir informações equivalentes ao seu conteúdo visual ou auditivo. 

Por exemplo, imagine que um usuário cego está lendo um conteúdo do seu blog via programas leitores de tela. Esses softwares pegam o texto da página e leem para o usuário. Mas nesse mesmo artigo, você inseriu uma imagem para ilustrar ele, como o usuário cego saberá o conteúdo dessa imagem? Com o texto alternativo de imagem. 

Os programas leitores de tela conseguem pegar o texto alternativo das imagens e ler para os usuários com deficiência visual, facilitando o entendimento do contexto daquela imagem e a contribuição dela para o conteúdo, de forma geral.

Experiência do usuário

Embora a internet tenha evoluído bastante no Brasil, há diversos lugares com conexões fracas e pouco eficientes. Essas pessoas, embora tenha relativo acesso à internet, muitas vezes não desfrutam de toda a experiência visual que usuários comuns possuem.

Dessa forma, é necessário explicar para eles, de alguma forma, o que as imagens (que muitas vezes não carregam) querem dizer naquela etapa específica do conteúdo. Isso é feito através do texto alternativo de imagem. Se o navegador entender que não foi possível carregar determinada imagem, ele mostrará o texto alternativo para o usuário, dando a chance dele entender o objetivo dela.

Tráfego vindo do Google imagens 

Um dos principais pontos positivos de inserir o texto alternativo é receber tráfego direto do Google imagens. Por exemplo, quando um usuário digita “cachorro” no Google, dependendo da otimização do seu conteúdo e da sua imagem, será mostrado um link para sua página. No meu caso, a pesquisa atual por esse termo indica o resultado de um post do site “Petz”, onde o conteúdo é “Descubra como criar um cachorro independente”. 

Resultado para a pesquisa "cachorro" no Google

Agora imagine que seu blog é sobre “aulas de canto” e você está falando sobre “qual é o melhor microfone para quem mora em apartamento”. Quando o usuário digitar no Google imagens: “microfone par apartamento”, se seu site e artigo estiver otimizado e sua imagem estiver com o alt text correto, as chances dela aparecer e indicar seu artigo para o visitante são enormes. Isso leva a um tráfego muito expressivo, a depender da quantidade de posts que possui e das otimizações que fez. 

Como adicionar o alt text nas suas imagens?

Na maioria dos sistemas como Blogger, WordPress, Ghost, etc; inserir o texto alternativo é muito fácil. Normalmente, basta clicar na imagem e inserir o espaço destinado ao “alt text”, “texto alternativo” ou “alt tag”

Se estiver trabalhando com HTML puro, o texto alternativo é inserido através do atributo alt dos elementos, como na imagem abaixo.

<img src=”url da imagem” alt=”Aqui vai a descrição da imagem”>

Se estiver utilizando o WordPress, clique na imagem e nas opções de bloco do lado direito, haverá o campo para alterar o texto alternativo

exemplo de imagem tendo seu texto alternativo preenchido no WordPress

Bem mais fácil do que pensava, não é mesmo? O desafio, no entanto, é escrever alt tags eficientes que descrevam com exatidão o conteúdo da imagem. É uma ação que a maioria dos blogueiros não faz, talvez pela falta de tempo ou desconhecimento dos benefícios.

O que fazer para escrever um texto alternativo eficiente?

Existem algumas regras para que o texto alternativo seja eficiente e gere muitos visitantes pelo Google Imagens. Falaremos sobre essas regras a seguir. 

  • Adicione contexto em relação ao tópico da postagem: digamos que a imagem seja muito generalista, como alguém digitando algo no computador. Um texto alternativo ruim seria: “homem digitando no computador”, já um texto alternativo bom seria: “homem atualizando seu WordPress no computador”, dependendo, claro, do tópico abordado no seu conteúdo.
  • Faça seu texto alternativo ser curto: é comum as ferramentas de leitura de tela lerem apenas 125 caracteres dos alt text. Portanto, é importante resumir a ideia da imagem, mas sem se prolongar muito no processo.
  • Evite começar com “imagem de”: os leitores de tela já sabem que aquilo se trata de uma imagem e passam essa informação para o usuário. É redundante falar que aquilo é uma imagem em específico. A única exceção é para o caso de ilustrações, mas ainda asim, não exagere.
  • Não utilize texto alternativo em todas as suas imagens: sim, se tratando das imagens do seu conteúdo, é interessante ter um texto alternativo para cada uma delas. No entanto, quando tratamos das imagens do site, principalmente as decorativas, não é necessário texto alternativo, uma vez que isso acabaria atrapalhando a experiência do usuário.
  • Cheque a ortografia: escrever um alt text com palavras erradas pode impedir que os usuários cheguem até a sua página, uma vez que o Google corrije as pesquisas feitas pelas pessoas.
  • Não otimize demais a sua palavra-chave: o Google sabe quando você tenta enganá-lo e otimizar de forma exagerada seu conteúdo. Use sua palavra-chave, mas de maneira natural. Uma boa maneira de pensar é: para cada duas imagens sem minha palavra-chave, o ideal é ter uma com as keywords necessárias.
  • Utilize variações da sua palavra-chave: vamos supor que você deseja rankear um post com a seguinte palavra-chave: “como vender pela internet”. Nesse caso, experimente utilizar termos próximos como: “venda virtual”, “venda digital” ou “venda pela internet”.

O texto alternativo afeta o SEO?

SEO é Search Engine Optimization, que significa otimização para os mecanismos de busca. Em resumo, é um conjunto de estratégias e técnicas para aparecer mais nos resultados orgânicos das pesquisas

Sim, o texto alternativo afeta o SEO. Segundo a própria Google, o alt text é usado em conjunto com algoritmos de visão computacional e de conteúdo da página para entender o assunto tratado nas imagens. 

Sendo assim, o texto alternativo acaba gerando contexto para o entendimento de toda a página, o que aumenta suas chances delas aparecem nas pesquisas de imagem do buscador.

Para se ter ideia, com a implementação do SGE (Search Generative Experience) ou Experiência Geradora de Pesquisa, o texto alternativo, com o contexto correto, possibilita que o seu conteúdo esteja nas informações instantâneas alimentadas por inteligência artificial

Em resumo, podemos dizer que, se você alimentar as alt texts da forma correta e produzir bons conteúdos, seu site tem mais chance de ser divulgado, tanto na pesquisa comum, quanto na pesquisa por imagens do Google

Por isso, quando for criar conteúdo sobre um tópico específico, considere o seu público e considere também as pessoas que ainda não te conhecem, mas podem conhecer pela boa descrição de cada imagem. 

E sim, sabemos que isso dá muito trabalho e que é um passo a mais na criação de conteúdo. Porém, acredite, vale muito a pena.

O alt text é obrigatório?

De forma alguma, mas não escrevê-lo pode estar limitando muito o crescimento do seu blog. Afinal de contas, é como se estivesse deixando toda uma fonte de tráfego que estaria disponível para seus conteúdos.

Mesmo sem o alt text, o Google ainda consegue supor o conteúdo da imagem, principalmente devido aos metadados dela e a análise de contexto pelo seu algoritmo. Mas é muito melhor quando o próprio criador do artigo explica para o buscador seus objetivos com a imagem.

Qual é a diferença entre alt text e título de imagem?

O texto alternativo é muito confundido com o título da imagem. Os dois conceitos são parecidos e podem acabar sendo misturados mesmo. De forma geral, a função do alt text você já sabe, que é fornecer informações sobre o conteúdo da imagem para usuários com deficiência e ao Google, já o título da imagem tem a função de fornecer mais informações sobre ela (ou sobre o que ela indica) quando o usuário passa o mouse por cima. 

O título da imagem não é tão essencial quanto o texto alternativo quando se trata da acessibilidade. Portanto, embora seja recomendável inserir, a depender do contexto, pode ser ignorado também.

Imagens pequenas e ícones devem conter texto alternativo?

Devem sim. O uso do alt text é relevante nesse tipo de imagem porque podem conter informações essenciais para o usuário. Por exemplo, em uma imagem de botão para rede social, é interessante destacar que aquele ícone é de determinada plataforma e que ele está representando um link para ela.

É possível usar alt text em imagens de fundo no CSS?

Não é possível usar o atributo alt em imagens de fundo no CSS. O atributo alt é associado a elementos de imagens com a tag <img> no HTML. Já as imagens de fundo CSS são definidas através da propriedade “background-image” em CSS, não havendo, dessa forma, uma equivalência entre elas.

Quando vou começar a receber visitas do Google Imagens assim que inserir texto alternativo nas minhas imagens?

Profissionais analisando, em gráficos, o resultado da inserção de texto alternativo em imagens

Não existe um tempo específico para começar a notar os resultados das otimizações do texto alternativo do seu blog. O processo, como é de se imaginar, pode levar algum tempo, pois os mecanismos de busca precisam rastrear e indexar as páginas corretamente. Além disso, a competição do seu blog e do seu nicho também influenciarão os resultados nos mecanismos de busca e sua taxa de conversão.

Entretanto, lembre-se que segundo informações do censo demográfico do IBGE de 2010, 18,6% da população brasileira possui algum tipo de deficiência visual. Dentre todos esses, 6,5 milhões apresentam deficiência visual severa. Ao escrever textos alternativos eficientes, estará ajudando essas pessoas a consumirem seu conteúdo.

Conclusão

No post de hoje vimos o que é o texto alternativo (ou alt text), para que ele serve e como escrevê-lo da forma correta para ganhar muito mais visitantes pelo Google imagens, sem falar na acessibilidade e na ótima experiência do usuário ao fazer isso. 

Esperamos que o conteúdo tenha sido claro e que, a partir de agora, você comece a utilizar o alt text corretamente. Se tiver qualquer dúvida, por favor, é só falar conosco na seção dos comentários.

Obrigado por ler até aqui. Um forte abraço!

Deixe um comentário

-

-

-

-

*Consulte condições no site

Hospedagem com até

-70

+ 3 Meses Grátis