O que é WordPress? Tudo o que você precisa saber!

Descubra tudo sobre o WordPress, o principal CMS para criação de sites. Aprenda o que é, como funciona e por que é tão popular!

O WordPress é muito reconhecido como uma das melhores plataformas para criação de sites, famoso pela quantidade de funções e recursos. Esses benefícios são tão práticos que 37% dos sites online foram feitos nele. 

Mas nem sempre foi assim, e é interessante conhecer a história por trás dessa plataforma tão bem-sucedida. Ao longo deste artigo, exploraremos a história e evolução do WordPress, desde sua criação até sua posição atual como uma das plataformas mais confiáveis. 

Veremos como ele se tornou uma ferramenta fundamental para empresas e empreendedores, e como suas características flexíveis e adaptáveis ​​tornaram possível democratizar a criação de sites.

Acompanhe a leitura logo abaixo.

O que é WordPress?

WordPress é uma plataforma de gerenciamento de conteúdo (CMS) amplamente utilizada para criar e manter sites e blogs. Ele oferece uma interface intuitiva que permite aos usuários criar, editar e publicar conteúdo sem a necessidade de conhecimento avançado em programação ou design. 

Originalmente desenvolvido como uma plataforma para blog, o WordPress evoluiu ao longo dos anos e agora é amplamente utilizado para criar uma variedade de sites, desde blogs pessoais até sites corporativos e lojas online.

Com uma grande variedade de temas e plugins disponíveis, o WordPress é altamente personalizável, permitindo que os usuários construam sites com diferentes finalidades, desde blogs pessoais até lojas online e sites corporativos. 

A sua popularidade se deve à sua flexibilidade, facilidade de uso e à vibrante comunidade de desenvolvedores que continuamente contribuem com novos recursos e melhorias.

Como funciona o WordPress?

O WordPress funciona como um sistema de gerenciamento de conteúdo, o que significa que ele facilita a criação, edição, organização e publicação de conteúdo em um site. 

Aqui está uma visão geral de como o WordPress funciona:

  1. Instalação: Você pode instalar o WordPress em seu servidor web, seja através de uma hospedagem dedicada ou utilizando serviços de hospedagem WordPress específicos.
  2. Interface de Administração: Após a instalação, você acessa o painel de administração do WordPress através de um navegador da web. Esta é a interface onde você gerencia todo o conteúdo e configurações do seu site.
  3. Criação de Conteúdo: O WordPress permite criar diferentes tipos de conteúdo, como postagens (para blogs), páginas, categorias e tags. A interface de edição é semelhante a um editor de texto, tornando fácil escrever e formatar conteúdo.
  4. Temas: O WordPress oferece uma ampla variedade de temas (templates) que controlam a aparência do seu site. Você pode escolher um tema pré-instalado ou instalar temas personalizados para personalizar a aparência do seu site de acordo com suas preferências.
  5. Plugins: Os plugins são pedaços de software que podem ser instalados no WordPress para adicionar funcionalidades extras ao seu site. Existem milhares de plugins disponíveis para diferentes fins, como SEO, segurança, comércio eletrônico, formulários de contato, entre outros.
  6. Gestão de Mídia: O WordPress inclui um sistema de gestão de mídia integrado, permitindo fazer upload e gerenciar imagens, vídeos, documentos e outros arquivos multimídia que serão utilizados no conteúdo do seu site.
  7. Personalização Avançada: Além de temas e plugins, o WordPress oferece opções avançadas de personalização, permitindo que desenvolvedores criem temas e plugins personalizados para atender às necessidades específicas de um site.
  8. Publicação: Uma vez que o conteúdo esteja pronto, você pode publicá-lo imediatamente ou agendar sua publicação para uma data e hora específicas.

Esses são os aspectos fundamentais de como o WordPress funciona. Sua flexibilidade e facilidade de uso tornaram-no uma escolha popular para a criação de uma ampla variedade de sites, desde simples blogs pessoais até complexos sites corporativos.

Que tipos de sites podem ser feitos com o WordPress?

O WordPress é uma plataforma versátil que pode ser usada para criar uma ampla variedade de sites. Aqui estão alguns exemplos:

Blogs pessoais

O WordPress teve origem como uma plataforma de blogs e continua sendo uma escolha popular para blogueiros devido à sua facilidade de uso e recursos específicos para blogs, como categorias, tags, comentários e feeds RSS.

Sites corporativos

Muitas empresas utilizam o WordPress para criar seus sites corporativos, incluindo sites institucionais, portfólios, sites de serviços e páginas de equipe.

Lojas online

Com plugins como o WooCommerce, o WordPress pode ser transformado em uma poderosa plataforma de comércio eletrônico, permitindo a criação de lojas online para vender produtos físicos ou digitais.

Portais de notícias e revistas

Devido à sua capacidade de gerenciar grandes volumes de conteúdo, o WordPress é uma escolha popular para criar portais de notícias, revistas online e sites de publicação de conteúdo editorial.

Sites de membros e comunidades

Com plugins como o BuddyPress, o WordPress pode ser transformado em uma plataforma para criar redes sociais, fóruns online, sites de membros e comunidades online.

Cursos e educação

O WordPress pode ser utilizado para criar sites de cursos online, escolas virtuais e plataformas de aprendizagem, com plugins como o LearnDash, LearnPress e o Sensei.

Sites de listagem e diretórios

Com plugins como o WP Job Manager e o GeoDirectory, o WordPress pode ser usado para criar sites de listagem de empregos, diretórios de negócios, listas de imóveis e muito mais.

Sites de eventos

O WordPress pode ser usado para criar sites de eventos e conferências, com plugins que facilitam o gerenciamento de inscrições, agendas, palestrantes e muito mais.

Esses são apenas alguns exemplos de sites que podem ser criados com o WordPress. Sua flexibilidade, grande comunidade de desenvolvedores e vasta gama de temas e plugins tornam-no uma escolha popular para uma variedade de projetos na web.

Diferença entre WordPress.com e WordPress.org

O WordPress.com é uma plataforma do WordPress que proporciona uma experiência simplificada para a criação de sites, especialmente voltada para iniciantes. Ele oferece hospedagem integrada e opções de personalização limitadas. Por outro lado, o WordPress.org é uma plataforma de software livre (código aberto) que permite que você hospede seu próprio site construído com WordPress.

O ideal é utilizar o serviço do WordPress.org, que permite você escolher uma empresa de hospedagem de blog de sua preferência. Essas empresas oferecem um instalador automático do WordPress.org, o que facilita muito iniciar um site WordPress.

Como o WordPress começou?

Em 2002, um estudante de Ciências Políticas nos Estados Unidos, Matt Mullenweg, começou a utilizar um sistema de blog chamado b2 ou cafelog, criado por Mike Little e distribuído pela GNU. 

Matt se tornou um usuário frequente do sistema e ficou frustrado ao saber que o projeto seria descontinuado. Dado que o sistema tinha código aberto, ele decidiu criar uma variação do projeto.

O criador do sistema, Mike Little, respondeu à postagem de Matt, oferecendo-se para ajudar no novo projeto, se ele estivesse realmente comprometido. Em abril de 2003, Matt Mullenweg publicou uma cópia do código do sistema de blog b2/cafelog. Seu objetivo era tornar o sistema mais fácil de usar e acessível em qualquer dispositivo.

Nesse processo de desenvolvimento, o nome WordPress foi escolhido por Christine Tremoulet. Em seguida, o site WordPress.org foi lançado. Essa primeira versão do WordPress incluía fóruns de suporte e recursos de desenvolvimento de blog. A mensagem na página inicial descrevia o WordPress como "uma plataforma de publicação pessoal com foco em estética, padrões web e usabilidade".

Com sua ampla gama de temas, plugins e recursos de personalização, o WordPress é utilizado para uma variedade de fins, desde blogs pessoais até sites corporativos, lojas online, portais de notícias e muito mais.

Evolução do WordPress

A primeira versão do WordPress foi lançada como WordPress 0.7 e rapidamente evoluiu para 0.71, culminando na versão 1.0 em janeiro de 2004. Desde então, uma comunidade diversificada de programadores e entusiastas se reuniu em torno do WordPress para continuar desenvolvendo o software.

Esta trajetória parece uma história inspiradora, começando com a persistência de Matt, que envolveu Mike e atraiu uma comunidade inteira comprometida em fazer o WordPress prosperar, uma comunidade que continua a se apoiar até os dias atuais.

O mais fascinante é que o WordPress não apenas sobreviveu, mas também continuou a evoluir e se adaptar ao longo dos anos, introduzindo constantemente novos recursos e possibilidades para usuários em todo o mundo.

Evolução do WordPress

O WordPress não ficou estagnado nem se acomodou após alcançar o sucesso. Muito pelo contrário, ele mantém sua popularidade por ser extremamente acessível e fácil de usar, permitindo que qualquer pessoa crie um site de forma rápida e eficiente.

A prova da sua popularidade e eficácia está nos números impressionantes: a cada dia, cerca de 500 novos sites são criados com WordPress e 17 posts são publicados a cada segundo. O WordPress está presente em mais de 37% de todos os sites criados na internet, demonstrando sua ampla adoção e confiança.

Além disso, o WordPress oferece aos usuários acesso a mais de 57.000 plugins, permitindo personalizar e expandir ainda mais as funcionalidades dos seus sites. Entre esses plugins, destaca-se o WooCommerce, especializado na criação e gerenciamento de lojas virtuais. 

O WooCommerce atende a 28% dos e-commerces em todo o mundo, com mais de 30 milhões de downloads, tornando-se uma ferramenta indispensável para empreendedores online.

A trajetória das versões do WP: todos os músicos até então

Uma das escolhas curiosas desse CMS é que suas versões tendem a homenagear um músico de jazz diferente. Atualmente, já são muitas versões disponíveis, vamos conhecer elas:

Versão 1.0 (nome homenageia Miles Davis)

Introduziu links amigáveis a mecanismos de busca, simplificação do processo de instalação e moderação de comentários.

Versão 1.2 (nome homenageia Charles Mignus Jr.)

Introduziu elementos que sustentam o uso de plugins.

Versão 2.0 (nome homenageia Duke Ellington)

Introduziu ferramentas de administração mais eficazes e aumentou a velocidade de postagem e do upload de imagens.

Versão 2.1 (nome homenageia Ella Fitzgerald)

Corrigiu problemas de segurança, redesenhou a interface e melhorou ferramentas de edição.

Versão 2.2 (nome homenageia Stanley Getz)

Realizou otimizações de velocidade.

Versão 2.3 (nome homenageia Dexter Gordon)

Focou em melhorias de segurança e modificou o sistema de notificações.

Versão 2.5 (nome homenageia Michael Brecker)

Trouxe mudanças profundas no dashboard, introduziu o upload simultâneo de diversos arquivos e melhorou o sistema de plugin.

Versão 2.7 (nome homenageia John Coltrane)

Incluiu uma reconfiguração completa da interface administrativa e a introdução de elementos de automação.

Versão 2.9 (nome homenageia Carmen McRae)

Introduziu um editor de imagem embutido e outros recursos voltados para conteúdo visual.

Versão 3.0 (nome homenageia Thelonious Monk)

Trouxe a funcionalidade multisite.

Versão 3.1 (nome homenageia Django Reinhardt)

Introduziu a Admin Bar, funcionalidades de microblogging e diversos outros recursos.

Versão 3.4 (nome homenageia Grant Green)

Trouxe a integração com o Twitter, melhorou a personalização de temas e resolveu alguns problemas menos expressivos.

Versão 3.5 (nome homenageia Elvin Jones)

Foi a primeira compatível com displays de retina.

Versão 3.7 (nome homenageia William Basie)

Trouxe recomendações mais seguras de senhas e aplicou automaticamente updates de segurança e manutenção.

Versão 3.8 (nome homenageia Charlie Parker)

Teve mudanças radicais no dashboard, que se tornou muito mais simples.

Versão 4.0 (nome homenageia Benny Goodman)

Melhorou a experiência de gerenciamento do sistema, com foco nos conteúdos escritos.

Versão 5.0 (nome homenageia Bebo Valdés)

Trouxe a mudança mais relevante em muitos anos: o editor Gutenberg, que revolucionou a criação de páginas ricas em mídia.

Versão 5.4 (nome homenageia Nat Adderley)

Adicionou ícones sociais e botões de bloqueio, além de otimizar a interface e melhorar os recursos para exportação de dados.

Versão 5.5 (nome homenageia Billy Eckstine)

Trouxe uma novidade chamada "lazy-loaded", que faz as imagens serem carregadas somente quando o usuário está quase vendo elas. Isso faz com que a experiência seja mais rápida.

Crescimento e popularização do WordPress como plataforma de gerenciamento de conteúdo

O crescimento do WordPress é notável em números: em 2024, foi utilizado por mais de 40% de todos os sites da Internet, incluindo grandes empresas como The Walt Disney Company, BBC America e The New York Times. A lista de empresas e grandes nomes que utilizam o WordPress é extensa e impressionante.

Uma das razões fundamentais para o sucesso do WordPress é sua facilidade de uso. Mesmo sem conhecimento em programação, qualquer pessoa pode criar um site blog ou site em poucos minutos utilizando esta plataforma. 

Além disso, o WordPress é altamente personalizável, oferecendo uma variedade de temas e plugins que ampliam suas funcionalidades de forma excepcional.Outro fator crucial para o sucesso do WordPress é a robusta comunidade de desenvolvedores e usuários que o apoiam. 

Desde o início, o WordPress foi concebido como um projeto de código aberto, permitindo que qualquer pessoa contribua com código e melhorias para a plataforma. Essa abordagem resultou em uma vasta biblioteca de temas e plugins disponíveis para download, ampliando ainda mais as possibilidades de personalização.

O crescimento e a popularidade do WordPress também são evidentes em eventos como a WordCamp, uma conferência anual dedicada exclusivamente ao WordPress, realizada em diversos países ao redor do mundo desde sua criação em 2006. Com mais de 70 países participantes, a WordCamp tem experimentado um crescimento rápido, refletindo o alcance global e a diversidade da comunidade WordPress.

Comunidade WordPress: como ela se formou e como contribui para o desenvolvimento da plataforma

A rede global WordPress é formada por uma comunidade diversificada de usuários, desenvolvedores, designers, empresários e entusiastas, todos trabalhando em conjunto para aprimorar a plataforma de gerenciamento de conteúdo mais popular do mundo.

Desde seu lançamento em 2003 por Matt Mullenweg como um projeto de código aberto, a comunidade WordPress cresceu de forma exponencial, incluindo milhões de pessoas em todo o mundo, cada uma contribuindo de maneira única para o seu desenvolvimento e sucesso contínuo.

Comunidade WordPress

Uma das maiores contribuições da comunidade é o contínuo aprimoramento e desenvolvimento do software WordPress. Membros e usuários colaboram para lançar atualizações regulares de recursos, melhorias de desempenho e correções de bugs, mantendo o WordPress na vanguarda da tecnologia.

Além disso, a comunidade WordPress oferece suporte abrangente aos usuários, disponibilizando tutoriais, recursos e fóruns de suporte online. Existem também grupos de usuários locais e canais de mídia social dedicados a auxiliar na resolução de dúvidas e problemas dos usuários.

Outra área crucial em que a comunidade se destaca é na criação de temas e plugins personalizáveis para o WordPress. Muitos desses recursos são gratuitos e de código aberto, permitindo que qualquer pessoa os utilize ou os adapte conforme suas necessidades específicas.

O poder da comunidade WordPress é verdadeiramente fascinante. Através da colaboração de milhares de indivíduos talentosos, um CMS conseguiu revolucionar a Internet e transformar a maneira como o conteúdo é publicado e produzido.

Essa revolução resultou em uma democratização do conteúdo online e proporcionou equidade nas oportunidades de crescimento. Graças às possibilidades e escalabilidade oferecidas pelo WordPress, empresas de pequeno porte podem competir em pé de igualdade com empresas consolidadas há anos, criando um ambiente de negócios mais justo e inclusivo.

O papel do WordPress na democratização da criação de sites e blogs

Desde sua criação em 2003, o WordPress tem oferecido uma série de benefícios significativos para a criação de sites. Um dos mais notáveis é a democratização do acesso à criação de sites. 

O WordPress é uma plataforma gratuita e de código aberto, onde a comunidade de usuários e o suporte constantemente criam conteúdo explicativo e didático para ajudar os iniciantes.

Com o passar dos anos, o WordPress tem experimentado uma expansão contínua. Uma grande porcentagem de todos os sites já feitos ou indexados na internet passou pelo WordPress em algum momento, destacando sua onipresença e importância no cenário da web.

Uma das características mais atrativas do WordPress é sua acessibilidade. Qualquer pessoa pode baixar, instalar e personalizar o WordPress para criar seu próprio site, mesmo sem conhecimento avançado em programação ou web design. Essa facilidade de uso tem sido fundamental para tornar a criação de sites mais acessível e inclusiva.

Além disso, o WordPress é altamente customizável, o que o torna adequado para uma ampla gama de projetos, desde blogs pessoais até sites corporativos de grande escala. Essa flexibilidade garante uma concorrência saudável e igualitária no ambiente online.

Outro benefício notável do WordPress é a vasta biblioteca de plugins e temas disponíveis. Com milhares de opções para escolher, os usuários podem personalizar seus sites de acordo com suas necessidades específicas e orçamentos disponíveis.

Popularização dos desenvolvedores e designers

A ascensão do WordPress como o principal CMS não é mera coincidência. Sua criação e desenvolvimento proporcionaram uma expansão significativa do mercado e uma redefinição de muitos aspectos relacionados à criação de sites e aos recursos envolvidos nesse processo.

Uma das consequências mais notáveis desse crescimento foi o surgimento de diversas oportunidades para desenvolvedores e designers, especialmente no mercado de plugins e temas. 

Isso não apenas impulsionou a economia em torno da plataforma, mas também criou inúmeros empregos em todo o mundo, alimentando uma comunidade global de profissionais talentosos.

Além disso, o impacto do WordPress vai além do desenvolvimento web. Influenciou a maneira como outras empresas e conglomerados se organizam e respondem ao ambiente digital em constante evolução. 

Um exemplo disso é o Google, cujas diretrizes e operações estão cada vez mais integradas com o funcionamento do WordPress, seus plugins e sua estrutura organizacional.

Organizações e empresas conhecidas que utilizam o WordPress

O WordPress é uma plataforma líder que facilita a criação e o gerenciamento de sites com facilidade. Com ele, os usuários podem adicionar e remover conteúdo, realizar otimizações de SEO e tornar seus sites mais atraentes para os visitantes.

Essas funcionalidades são essenciais para empresas de todos os tamanhos, desde pequenos empreendimentos até grandes corporações, que buscam uma solução confiável para gerenciar seus conteúdos online.

Seja para produzir blogs informativos ou focar no comércio eletrônico, a necessidade de uma plataforma abrangente que ofereça todas as ferramentas necessárias em um único lugar é uma demanda comum entre as empresas. 

Além disso, a capacidade de personalização e desenvolvimento contínuo do WordPress torna-o uma escolha popular para empresas que buscam escalabilidade e flexibilidade em suas operações online.

Por isso é que existem tantas empresas conhecidas que o utilizam naturalmente. Abaixo você tem uma pequena lista delas:

  1. The Walt Disney Company;
  2. Mercedes-Benz;
  3. Sony Music;
  4. The New York Times;
  5. BBC America;
  6. Microsoft News Center;
  7. The White House;
  8. Vogue;
  9. Time Inc.;
  10. TechCrunch.

O site da própria Katy Perry é feito em WP, e ela não é a única cantora que se rendeu às funcionalidades deste CMS.

Melhores funcionalidades do WordPress

Sabemos que a história desse criador de sites é longa e sua ascensão foi inevitável, mas o que ele tem de tão bom? Abaixo deixamos uma pequena lista para ilustrar.

Funcionalidades do WordPress

Flexibilidade

O WordPress é altamente personalizável, oferecendo uma ampla variedade de temas, plugins e widgets para atender às necessidades de qualquer usuário. Mesmo entre os recursos gratuitos, é difícil não encontrar algo que se encaixe perfeitamente em seu projeto.

Fácil de usar

Com uma interface amigável e intuitiva, o WordPress é acessível mesmo para usuários iniciantes. Não é necessário conhecimento avançado em programação ou design para criar um site incrível nele.

Otimização de SEO

O WordPress oferece recursos poderosos para otimização de mecanismos de pesquisa (SEO), permitindo que os usuários melhorem a visibilidade de seus sites nos resultados de pesquisa do Google. Isso inclui plugins de SEO, assistência à escrita e ferramentas de rastreamento de legibilidade.

É possível aplicar as mais variadas estratégias de SEO com o WordPress. É possível criar Pillar Page, Landing Pages e muitos outros tipos de conteúdos para sua estratégia de SEO.

Segurança

O WordPress é constantemente atualizado para garantir a segurança dos sites de seus usuários e protegê-los contra vulnerabilidades. Além disso, os usuários podem implementar uma variedade de outras estratégias e recursos para aumentar ainda mais a segurança de seus sites.

Escalabilidade

O WordPress é adequado para sites de todos os tamanhos, desde pequenos blogs pessoais até grandes lojas virtuais com milhares de produtos. Empresas de renome mundial confiam no WordPress para hospedar e criar seus sites, destacando sua capacidade de atender às demandas de qualquer usuário, independentemente do tamanho de seu projeto.

Esses pontos destacam a versatilidade e o poder do WordPress como plataforma de criação de sites. Independentemente do tamanho da empresa ou do projeto, o WordPress oferece as ferramentas e recursos necessários para alcançar o sucesso online.

Conclusão

Após uma série de evoluções, melhorias e estudos, o WordPress se firmou como o CMS mais proeminente da atualidade. Além de sua notoriedade, desempenhou um papel crucial na democratização do processo de criação de sites, um marco significativo na história da internet.

A importância dessa democratização é evidente: quando qualquer pessoa pode criar um site ou blog de forma rápida e gratuita, as oportunidades de crescimento se tornam acessíveis a todos em um nível de equidade notável.

Essa democratização abre portas para indivíduos e empresas de todos os tamanhos, oferecendo a oportunidade de se desenvolverem e expandirem seus produtos, serviços e negócios com estudo e dedicação.

Isso se deve às inúmeras vantagens e facilidades oferecidas pelo WordPress, condizentes com sua reputação como o principal CMS do mercado. A comunidade WordPress, caracterizada por sua disposição em ajudar e colaborar, proporciona um ambiente acolhedor e amigável para a troca de conhecimentos e solução de dúvidas.

Deixe um comentário