15 erros de usabilidade no seu blog que te fazem perder visitas, cliques e dinheiro

Existem erros de usabilidade que podem te fazer ter poucos resultados com seu site ou blog. Veremos como consertar cada um deles.

Você já ouviu falar sobre erros de usabilidade? Eles são erros que, embora pareçam simples de início, podem comprometer muito os resultados que você tem com seu blog.

Nesse artigo, entraremos em detalhes sobre:

Aconselho fortemente você acessar seu blog enquanto lê esse artigo. Pois, precisaremos realizar alguns testes rápidos que vão definir o nível de usabilidade do seu site.

Você está preparado?

Vamos ao conteúdo!

O que são erros de usabilidade?

Os erros de usabilidade são, de forma geral, problemas com a maneira que um blog foi projetado e executado, o que pode levar a confusão, frustração e até mesmo a perda de:

  • Visitantes.
  • Clientes.
  • e consequentemente, dinheiro.

Eles podem incluir coisas como: links que não funcionam, texto ilegível ou falta de orientação clara sobre como navegar pelo blog.

Embora muitos erros de usabilidade sejam apenas irritantes, alguns podem causar problemas seríssimos, especialmente se um site for usado para compras online ou transações financeiras.

A boa notícia é que os erros de usabilidade podem ser facilmente evitados com um pouco de planejamento e testes adequados (faremos eles logo a seguir).

Porque é importante corrigir os erros de usabilidade

erros de usabilidade, por que corrigir?

Quando um blog não possui uma boa usabilidade, os visitantes podem ficar estressados e abandonar a página.

Além disso, os erros de usabilidade podem afetar negativamente a reputação do seu blog e a capacidade de converter visitantes em clientes.

Por essa razão, corrigir os erros de usabilidade é importante para garantir que o blog seja fácil e agradável de usar, o que ajuda diretamente a melhorar as taxas de conversão e aumentar o tráfego dele.

Em resumo, quanto maior a usabilidade, mais agradável o seu site é de acessar e mais visitas ele tende a ter.

Quem é o responsável por corrigir esses erros?

Você é o responsável por corrigir esses erros do seu blog. Mas em empresas maiores, principalmente de aplicativos, o responsável por essa tarefa é o chamado UX Designer (UX significa User Experience, ou seja, experiência de usuário).

O que é um UX Designer?

O UX Designer é o profissional responsável por criar experiências de usuário positivas em sites, aplicativos e outros produtos digitais.

Eles trabalham para garantir que os usuários tenham uma boa compreensão do produto e possam interagir com ele de forma eficiente e intuitiva.

UX Designers levam em consideração múltiplos fatores ao projetar a experiência do usuário, incluindo a funcionalidade, a usabilidade, o layout, a navegação e a estética.

A boa notícia é que você não precisa ser um UX designer (embora a área seja promissora) para melhorar o seu blog.

Só com as dicas abaixo, você terá todo o conhecimento prático necessário para otimizar o seu blog e evitar (a todo custo) os erros de usabilidade.

Quais os 15 erros de usabilidade que devem ser consertados (agora)

1. Seu blog demora muito para carregar

erros de usabilidade - site lento

Em um mundo cada vez mais conectado, a velocidade de carregamento de um blog é essencial.

Um blog que leva muito tempo para carregar pode perder visitantes e, com isso, impactar negativamente o tráfego.

Afinal, páginas lentas tendem a rankear muito menos nos mecanismos de busca como o Google.

Logo, os potenciais visitantes terão dificuldade em encontrá-lo.

Existem várias maneiras de acelerar a velocidade de carregamento de um blog, são elas:

Instalar um plugin de cache

Plugins de cache são os responsáveis por acelerar o seu blog através de recursos do servidor. Existem inúmeros deles, os mais conhecidos são:

  • WP Fastest Cache: o mais recomendado por trabalhar com checkboxes e ser extremamente simples.
  • W3 Total Cache: totalmente avançado com inúmeras opções disponíveis para aumentar a performance do seu blog.
  • WP Super Cache: o queridinho de muitos com diversos recursos à disposição.

Você pode escolher qualquer um. Entretanto, se é a primeira vez que você vai instalar um plugin de cache, use o WP Fastest Cache.

A simplicidade dele ajuda muito.

Instalar um plugin compressor de imagem

Talvez o principal fator de lentidão em boa parte dos sites, as imagens podem ser otimizadas através de um plugin de compressão.

O mais recomendado dentre eles é o Smush – Lazy Load Images, Optimize & Compress.

O Smush funciona da seguinte maneira:

  • Ele otimiza todas as imagens já publicadas no seu site, as tornando leves e rápidas.
  • Ele otimiza automaticamente novas imagens a serem enviadas.

Dessa forma, a redução na velocidade de carregamento é bem expressiva.

Utilizar um serviço de CDN

De forma bem resumida, um CDN (Content Delivery Network - Rede de distribuição de conteúdo) é um serviço que "espalha cópias do seu blog" em servidores próximos.

Assim, quando o usuário acessar o seu blog, o CDN detecta a localização do usuário e entrega o seu blog do servidor mais próximo a ele.

Resultado? Muito mais velocidade de carregamento.

Um dos mais conhecidos é o CloudFlare, disponível gratuitamente (embora seja pago) em algumas hospedagens.

2. O tamanho da sua fonte é muito pequena

Se a fonte de texto do seu blog for muito pequena, os visitantes terão dificuldade em ler o conteúdo e podem simplesmente abandoná-lo.

Por outro lado, se a fonte for muito grande, pode parecer amador e afastar também os visitantes.

O tamanho ideal da fonte de texto de um blog depende dos seus objetivos. Mas o ideal é algo entre 16 e 18 pixels.

Entretanto, essas fontes podem variar dependendo da forma que o site foi construído.

Aqui no Criando Blogs, por exemplo, o tamanho da fonte é o equivalente a 18 pixels.

3. Seu blog tem muitos elementos

O seu blog não precisa ser ultra minimalista. Mas reduzir a quantidade de elementos te possibilita evitar erros de usabilidade comuns.

Então tente ao máximo simplificar o aspecto visual do blog. Como?

Use menos cores

O ideal é usar no máximo 3 cores.

Um preto acinzentado para o texto, uma cor de destaque (para seus botões e links) e uma cor secundária para elementos "extras" que forem necessários.

Um bom site para encontrar cores relevantes é o ColorHunt.

colorhunt.co

Cortar elementos "inúteis"

Muitas vezes, nós adicionamos no nosso blog elementos que não são tão úteis assim, como:

  • Widget de notícias.
  • Calendário.
  • Previsão do tempo.
  • Duas barras de pesquisa (normalmente uma no cabeçalho e outra na barra lateral).
  • A barra lateral em alguns casos (esse post está em apenas uma coluna, para você se concentrar na leitura).
  • Quantidade de visitantes online.

É claro que definir o que é "inútil" ou não, depende do contexto e do blog avaliado.

4. Não existe uma página para contato

erros de usabilidade - página de contato

Uma página de contato é importante para um blog por vários motivos.

Em primeiro lugar, ela fornece uma maneira fácil para os visitantes conversarem com você. Dessa forma, é possível interagir com eles e fornecer suporte a possíveis clientes.

Depois, é através da página de contato que outros blogueiros podem entrar em contato contigo buscando parcerias.

Agora, se engana quem pensa que criar uma página de contato é difícil.

Existem plugins que te ajudam muito nessa missão:

5. O seu menu é confuso

O menu de um blog é parte central de toda a navegação do usuário. Você deveria deixar nele apenas funções essenciais para seu nicho.

Eu, por exemplo, optei por:

  • Home: mas pode ser "Início". Item essencial no menu de todo blog.
  • Domínio Grátis, Hospedagem de Blog e Ganhar dinheiro: a base de conteúdo para meu público-alvo.
  • Contato: para quem quiser falar diretamente comigo.
  • Sobre: uma breve explicação de porque o Criando Blogs existe.

Se você ainda é novo na blogosfera, aconselho a seguinte estrutura:

  • Início.
  • Sobre.
  • Cursos (ou produtos).
  • Contato.

6. Você não usa elementos de destaque no seu conteúdo

As pessoas não leem artigos por completo no seu blog.

Você mesmo, chegou até essa linha, mas não leu cada uma das palavras que eu escrevi acima.

Devido a velocidade que nos acostumamos, por conta da internet, nós "escaneamos" os textos com os olhos.

Logo, é importante saber usar elementos de destaque no seu conteúdo para mostrar aos leitores quais informações são importantes.

Como fazer isso?

Através do negrito. Através de imagens. Através de elementos de links.

Logo:

  • Deixe todos os termos e frases importantes do seu post em negrito.
  • Utilize imagens para separar tópicos e ilustrar o conteúdo.
  • Link páginas importantes para o conteúdo do seu blog.
  • Faça listas, como essa, para mostrar pontos conectados ao outro.

7. Sua página tem anúncios excessivos

erros de usabilidade - anúncios excessivos

Com a possibilidade de gerar renda através do Google Adsense ou como afiliados, muitos blogueiros estão optando por permitir anúncios em seus blogs. No entanto, essa prática pode levar a alguns problemas de usabilidade.

Um dos principais problemas é que muitos anúncios podem tornar um blog confuso e difícil de navegar.

Isso pode ser particularmente verdadeiro se os anúncios estão espalhados por toda a página, em vez de agrupados em uma área específica. Outro problema é que os anúncios podem atrapalhar o carregamento da página, o que pode ser frustrante para os visitantes do blog.

Além do mais, muitos anúncios podem ser irritantes e até mesmo intrusivos para alguns.

Meu conselho? Aposte mais em conteúdo escrito (como forma de falar sobre os produtos que você é afiliado) do que em anúncios com imagens.

Esses ainda podem ser utilizados, mas sem exageros. Dois numa página já são mais do que suficientes.

8. Suas URLS não são otimizadas

O WordPress vem, de forma padrão, com URL nada otimizadas. Se você quer mostrar o link de um artigo seu para as pessoas, o normal mostrado após a instalação do CMS é:

seublog.com.br/?p=123

No entanto, o ideal é que sua URL seja amigável para o usuário, ficando assim:

seublog.com.br/nome-do-post

Como tornar suas URL amigáveis

No menu lateral do WordPress, vá em: Configurações -> Links Permanentes.

Marque a opção "Nome do Post", ao invés da opção "Padrão".

configurações de url amigáveis

Além das configurações acima, é necessário ainda pensar em URL otimizadas na hora de produção dos arquivos.

Criando URLs bem pensadas

Na hora de criar o seu conteúdo, defina a url com poucas palavras (diferente de deixar o padrão feito pelo WordPress).

Por exemplo, o título desse artigo é: "15 erros de usabilidade no seu blog que te fazem perder visitas, cliques e dinheiro".

A URL ficaria: https://criandoblogs.net/15-erros-de-usabilidade-no-seu-blog-que-te-fazem-perder-visitas-cliques-e-dinheiro.

O ideal é inserir apenas a sua palavra chave, ficando assim:

https://criandoblogs.net/erros-de-usabilidade.

9. Seus títulos não prendem a atenção das pessoas

Não importa ter o melhor conteúdo do mundo se as pessoas não clicam para ler. Basta seguir algumas dicas abaixo, que com certeza suas taxas de clique aumentarão consideravelmente.

Use palavras-chave relevantes

Existem palavras que naturalmente chamam a atenção. Por exemplo:

  • Absurdo.
  • Urgente.
  • Perigoso.
  • Agora.
  • Poderoso.

Entretanto, tome cuidado para não exagerar e acabar surtindo o efeito contrário.

Por exemplo:

  • Sem palavras relevantes: "3 dicas para crescer seu blog".
  • Com palavras relevantes: "3 dicas poderosas para crescer seu blog agora mesmo".

Use números e listas

Títulos com números e listas são extremamente populares na internet por uma boa razão. Eles são fáceis de ler e dão ao leitor uma ideia do que esperar do conteúdo.

Além disso, os números e as listas tendem a ser compartilhados mais frequentemente nas redes sociais, o que pode ajudar a expandir o alcance do seu blog.

Logo, use títulos como:

  • 10 formas de gerar conteúdo grátis.
  • 35 maneiras de prender a atenção dos seus leitores.
  • 14 ferramentas de criação de conteúdo.

Use parênteses para chamar atenção

Usar parênteses pode te ajudar a dar ênfase em um elemento específico do seu título.

Por exemplo:

  • Sem parênteses: o erro que pode destruir o seu blog.
  • Com parênteses: o erro que pode destruir (por completo!) o seu blog.

Percebe como o segundo título é bem mais apelativo?

Eu também escrevi um artigo completo te ensinando a criar títulos melhores.

10. O logotipo não é clicável

erros de usabilidade - logo não clicável

Um dos erros de usabilidade que mais demonstra amadorismo é a falta de um logotipo clicável no seu blog.

Caso o logotipo do seu blog não redirecione o usuário para a página principal, três ações podem ser tomadas.

  1. Verificar se existe essa opção nas configurações do seu tema.
  2. Contratar um webdesigner para corrigir esse erro: opção barata, já que é algo simples de ser solucionado.
  3. Trocar de tema.

Felizmente, os temas mais recentes vêm com essa função naturalmente.

11. A visualização do seu blog é prejudicada no mobile

A importância de ter um blog responsivo é crucial para o sucesso do seu negócio. Os sites responsivos são projetados para se adaptar a diferentes tamanhos de tela, oferecendo uma experiência do usuário consistente em todos os dispositivos. Isso significa que seus clientes potenciais podem acessar seu site a partir de qualquer lugar, a qualquer momento.

Além disso, os blogs responsivos são classificados melhor nos motores de busca. Os algoritmos do Google, por exemplo, estão constantemente sendo atualizados para melhorar a experiência do usuário, e um blog responsivo é uma das principais maneiras de garantir estar bem classificado.

No entanto, você pode pensar: "Meu blog já é responsivo! Eu sei de todos esses benefícios".

Sim, mas tudo dele é otimizado quando acessam pelo celular?

É necessário verificar alguns pontos interessantes como:

  • Os ícones de redes sociais estão de um tamanho que podem ser clicados com facilidade?
  • O blog está carregando com velocidade no mobile?
  • Os pop-ups estão difíceis de serem fechados pelos usuários de smartphone?
  • O menu está fácil de ser aberto ou clicado?
  • O logotipo está um bom tamanho?
  • As fontes estão otimizadas ou parecem muito grandes?

Não se contente apenas com: "funciona no celular". Reflita se está "funcionando direito".

12. Você não divide seu conteúdo em categorias

Como muitos blogueiros sabem, uma das primeiras e mais importantes tarefas ao criar um novo blog é definir as categorias dele.

Isso é importante por vários motivos. Primeiro, as categorias ajudam os leitores a encontrar o tipo de conteúdo que estão procurando.

Segundo, as categorias ajudam os mecanismos de busca a indexar o seu conteúdo e, assim, torná-lo mais fácil de encontrar.

E, por último, as categorias organizam o seu conteúdo de forma lógica e fácil de navegar, o que torna a experiência do usuário mais agradável.

Erros comuns que blogueiros têm ao definir categorias em seus blogs

São, pelo menos, os 3 maiores erros em categorizar o conteúdo.

Não ter uma categoria para cada postagem: Se você não tem uma categoria para cada postagem, então você está basicamente dizendo aos leitores que não há nenhuma maneira lógica de encontrar todas as suas postagens sobre um determinado tópico. Isso pode ser extremamente chato para quem acessa e também prejudicial para os mecanismos de busca.

Ter muitas categorias: Por outro lado, ter muitas categorias pode ser confuso para os leitores e não tem uma vantagem sólida, se tratando de SEO.

Categorizar apenas por data: Muitos blogueiros cometem o erro de classificar apenas por data em vez de usar categorias relevantes. Isso pode ser extremamente confuso para os leitores e também dificulta que os mecanismos de busca indexem o seu conteúdo.

13. O blog não possui um certificado SSL

erros de usabilidade - falta de certificado ssl

Uma das principais razões para ter um certificado SSL é aumentar a segurança do blog.

Um certificado SSL criptografa as informações que são transmitidas entre o servidor e o navegador, o que significa que os dados são protegidos contra leitura de terceiros.

Além disso, um site com um certificado SSL é considerado mais confiável pelos motores de busca, o que pode ajudar a melhorar o ranqueamento no Google.

Se tratando de usabilidade, a vantagem real do certificado SSL é passar confiança para o usuário, quando ele vê o cadeado ao lado da URL e tem a certeza que a conexão está criptografada.

Felizmente, a maioria das hospedagens oferece SSL gratuitamente.

14. Você não delimita o seu nicho

Quem fala sobre muita coisa, não fala sobre nada. É necessário priorizar sobre o quê o seu blog ensina:

No meu caso, por exemplo, eu ensino blogueiros iniciantes a terem mais tráfego, sucesso e dinheiro com blogs.

Essa é uma ideia clara que me apego todas as vezes que estou escrevendo conteúdo aqui.

E você? Já parou para pensar com clareza sobre qual o verdadeiro nicho do seu blog?

Um nicho é um tópico específico sobre o qual você vai escrever e que tem uma demanda significativa na internet. Por exemplo, um blog sobre “tênis” é muito amplo e competitivo, enquanto um blog sobre “tênis para corrida” pode ser mais específico e ter menos concorrência.

Existem algumas coisas que você deve considerar ao escolher o nicho do seu blog:

  • Qual é a sua paixão?
  • Qual é a sua expertise?
  • Qual é a demanda na internet?
  • Qual é a concorrência?

Avaliar cada um desses tópicos traz mais clareza para seu conteúdo.

15. Você não cria conteúdo para uma persona

Na experiência de usabilidade, uma persona é um modelo fictício de um usuário real do blog ou aplicativo.

As personas são criadas com base em pesquisas de campo e análises de dados, e podem ser usadas para ajudar a tomar decisões sobre design e desenvolvimento.

Ou seja, uma persona é um "personagem" que você cria para representar os leitores do seu blog.

Por exemplo, a minha persona é: "blogueiro iniciante que usa WordPress e está tentando crescer o seu blog".

Você pode fazer o mesmo com blog e incrementar com mais informações, se quiser.

Algumas pessoas constroem personas completas com:

  • Nome.
  • Idade.
  • Profissão.
  • Personalidade.
  • Dificuldades.
  • História.

Eu acho um pouco exagerado, mas para sistemas maiores, é primordial.

A vantagem da persona é parecida com a do nicho, dar mais clareza para o seu conteúdo e garantir que seu blog se comunique da forma correta com o público correto usando a linguagem correta.

O que fazer depois de corrigir cada um desses erros de usabilidade?

Dependendo do seu blog, corrigir cada um desses erros pode dar um trabalho imenso.

Depois de corrigí-los, minha sugestão é simples: foque em produção de conteúdo de qualidade.

Uma vez que "sua casa está arrumada", resta chamar as visitas e oferecer sempre um material que resolva seus problemas.

Com isso, certamente você terá mais tráfego com seu blog. Qualquer dúvida, fique a vontade para falar comigo.

Um forte abraço.

Deixe um comentário

-

-

-

-

*Consulte condições no site

Ótima hospedagem por EXCELENTE preço.

-80