Métricas de vaidade: o que são e por que você precisa evitá-las agora mesmo

Descubra por que métricas de vaidade podem enganar sua percepção do sucesso do seu blog (e descubra como ter a percepção correta)

É essencial medir seus esforços e resultados com seu blog e perfis nas redes sociais. Isso é feito por vários indicadores que confundem até mesmo usuários experientes. Devido a essa confusão, há um risco de focar em métricas de vaidade em vez daquelas que realmente importam para entender o sucesso do seu blog.

Nesse artigo, você irá entender melhor quais são as métricas, porque são chamadas assim, como evitar acompanhá-las de forma ilusória e quais métricas merecem mais atenção.

O que são métricas em um blog?

Métricas são dados que ajudam a entender o desempenho e o sucesso de um blog, permitindo que blogueiros ajustem suas estratégias de marketing e melhorem a experiência do usuário. As métricas mais comuns incluem:

  • Número de visitantes.
  • Visualizações de página.
  • Tempo médio gasto no site.
  • Taxa de rejeição.
  • Fontes de tráfego.

O que são métricas de vaidade?

Métricas de vaidade em um blog são aquelas que não estão diretamente ligadas ao crescimento do seu negócio ou à percepção dos seus leitores. Elas são mais voltadas para a satisfação pessoal do blogueiro, como o número de seguidores nas redes sociais, visualizações de página e outras. É importante evitar essas métricas e focar em métricas mais relevantes para o crescimento do seu negócio.

Embora importantes para rastrear o crescimento do seu blog e manter-se motivado, essas métricas não são as mais significativas para avaliar o sucesso do seu negócio.

Lembre-se sempre de que o objetivo principal do seu blog é oferecer conteúdo relevante para seus leitores, o que pode ajudar a atrair novos visitantes e possíveis clientes. Concentre-se nisso para alcançar o sucesso.

É importante lembrar que as métricas de vaidade não são a única medida do sucesso. É recomendável usar outras métricas, como a taxa de conversão, a taxa de rejeição, o tempo de permanência na página, entre outras, para entender o desempenho do seu negócio. Com esses indicadores, você pode tomar decisões mais assertivas e direcionar seu blog para o sucesso.

Quais são as métricas de vaidade?

Alguns dos exemplos mais citados são:

1. Likes

likes são métricas de vaidade

Os likes nas redes sociais são uma forma de medir a popularidade ou relevância de uma publicação ou perfil. Eles podem indicar quais conteúdos estão sendo bem recebidos pela sua audiência.

No entanto, é crucial lembrar que as curtidas também podem ser consideradas uma métrica de vaidade.

Algumas pessoas ficam tão preocupadas em obter muitos likes em suas publicações que acabam perdendo o foco no conteúdo em si e passam a se concentrar apenas na popularidade que ele possa ter.

Esse comportamento pode levar a uma necessidade constante de validação e comportamento obsessivo que te “forçam” a publicar conteúdo, muitas vezes, pouco relevante para os objetivos do seu blog.

Não se esqueça de que popularidade não é sinônimo de qualidade. Com frequência, publicações mais importantes, informativas e úteis não recebem tantas curtidas quanto outras que são superficiais ou baseadas em tendências momentâneas.

O like tem sua relevância em relação ao engajamento dos seus perfis sociais, mas se avaliado de forma isolada, não é uma métrica útil para tomada de decisão futura.

2. Cliques para seu post

A taxa de cliques no título do seu post é uma métrica valiosa para avaliar o desempenho do seu conteúdo. Ela indica quantas pessoas foram atraídas pelo título e clicaram para acessar a página. No entanto, é necessário tomar cuidado para não se deixar levar apenas por essa métrica.

Caso contrário, ela pode se tornar uma métrica de vaidade. É fundamental avaliar o tempo de permanência do usuário na página para obter uma análise completa e precisa.

O tempo que um usuário gasta lendo e interagindo com o conteúdo é uma métrica conhecida como "Tempo de Permanência na Página". Essa métrica é crucial para determinar o nível de engajamento do usuário com o conteúdo e se ele está encontrando o que procura.

É importante avaliar essa métrica regularmente, pois um alto número de cliques no título sem um tempo de permanência significativo pode indicar que o título não está entregando o que foi prometido ou que o conteúdo não é adequado para o público-alvo.

Os clickbaits são um exemplo de como a taxa de cliques pode ser uma métrica enganosa. Seu objetivo é chamar a atenção do máximo de pessoas possível, mas, frequentemente, o conteúdo não condiz com o título, resultando em altas taxas de desistência.

Por isso, é fundamental criar títulos atrativos para o público-alvo, que entreguem o que foi prometido e garantam um real engajamento do usuário com o conteúdo.

3. Compartilhamentos

A quantidade de compartilhamentos de uma postagem pode ser uma métrica interessante para avaliar o sucesso de um blog.

Apesar disso, é preciso lembrar que, em alguns casos, essa métrica pode ser enganosa e não refletir o real engajamento ou interesse do público. Por vezes, trata-se apenas de uma métrica utilizada para satisfazer o ego do blogueiro (e sim, sabemos que esse é um assunto delicado).

Um exemplo que ilustra essa situação ocorre quando um blog utiliza táticas enganosas para aumentar o número de compartilhamentos, tais como incentivar os leitores a compartilhar o post em troca de um brinde ou desconto.

Essas práticas podem distorcer o número real de compartilhamentos e não refletir a qualidade do conteúdo ou a verdadeira interação dos leitores com o blog. Mas antes de demonizar essa atitude, avalie se ela está te trazendo novas visitas das redes sociais. Tudo é questão de teste.

Ao analisar o desempenho do seu blog, não basta apenas considerar o número de compartilhamentos de um post. É importante avaliar outras métricas, como o tempo médio de permanência na página e a taxa de rejeição. Essas informações são cruciais para ter uma visão completa do desempenho do seu blog e tomar decisões mais informadas sobre como melhorar sua estratégia de conteúdo.

4. Seguidores nas redes sociais

seguidores

Existem várias razões pelas quais o número de seguidores nas redes sociais pode ser considerado uma métrica de vaidade. Em primeiro lugar, essa métrica não reflete necessariamente a qualidade do conteúdo postado. Uma conta com muitos seguidores pode ter um conteúdo medíocre, enquanto uma conta com poucos seguidores pode ter um conteúdo excelente.

Além disso, é comum que as pessoas comprem seguidores falsos para inflar o número de seguidores de forma artificial. Embora isso possa parecer vantajoso, na prática, essa estratégia não só é enganosa, como também não é benéfico de verdade para a pessoa ou empresa que tenta promover sua marca nas redes sociais.

Sem falar em perfis que acabam agrupando seguidores não qualificados que, embora possam até engajar, não fazem parte de um mesmo público, impedindo ações específicas de marketing, como a venda de produtos nichados. É o caso da influenciadora que tinha 2,6 milhões de seguidores e não conseguiu vender 36 camisetas.

5. Visualizações da página

As visualizações de página podem ser consideradas métricas de vaidade, já que um alto número de visualizações não reflete necessariamente o engajamento do usuário com o conteúdo do site.

Um exemplo disso é quando um usuário acessa uma página, mas a abandona imediatamente, sem interagir ou ler o conteúdo (ou até mesmo interagindo muito pouco). Nesses casos, a visualização da página não é um indicador significativo do sucesso do site.

Por outro lado, é importante destacar que as visualizações de página podem ser infladas artificialmente via tráfego robótico ou clickbait. É crucial ter em mente que isso pode levar a uma falsa sensação de sucesso, uma vez que o número de visualizações pode ser alto, mas não representa um público engajado e interessado no conteúdo.

É fundamental não se concentrar exclusivamente em uma métrica, mas sim avaliar outras métricas mais relevantes, como o tempo médio de permanência na página, o número de páginas por sessão e a taxa de conversão. Desse modo, é possível obter uma visão mais precisa do desempenho do site e tomar decisões mais embasadas em relação ao seu desenvolvimento.

Quais métricas realmente importam para seu blog?

Você já sabe o que são métricas de vaidade, mas o que realmente importa para medir o crescimento do seu blog?

Taxa de conversão

A taxa de conversão é uma métrica de marketing que mede a efetividade de uma campanha pela proporção de usuários que realizaram a ação desejada em relação ao total de visitantes do blog. A ação pode ser variada, como compra, preenchimento de formulários, inscrição em newsletter, etc.

Pensando em vendas, a taxa de conversão é calculada dividindo o número de compras pelo número total de visitantes e multiplicando por 100. Por exemplo, se houve 1000 visitantes e 50 compras, a taxa de conversão é de 5%. Quanto maior for a taxa de conversão, maiores serão seus ganhos, por isso é uma métrica essencial.

A taxa de conversão em um blog pode ser medida pelo número de inscritos em uma newsletter, comentários em artigos, compartilhamentos em redes sociais, entre outros. As metas e objetivos do blog e das campanhas de marketing devem ser definidos para monitorar os resultados dessa métrica.

Tempo de permanência no site

tempo de permanência

O tempo de permanência no site é uma métrica crucial para mensurar o sucesso e crescimento de um blog. Essa métrica reflete o período em que um usuário fica no site, explorando e interagindo com o conteúdo.

Quando um usuário passa mais tempo em um site, geralmente é um sinal de que ele está engajado com o conteúdo e possivelmente consumindo mais informações. Além disso, um tempo de permanência mais longo pode indicar que o usuário encontrou o que procurava e está explorando mais conteúdo relacionado.

Além disso, é importante lembrar que um tempo de permanência mais longo pode aumentar o ranking do site nos resultados de pesquisa. Isso ocorre porque os algoritmos de pesquisa consideram o tempo de permanência como um sinal de que o site é relevante e útil para os usuários.

Vendas

A métrica de vendas não é apenas crucial para um blog, mas também a principal de todo negócio digital. Ela funciona como um indicador do sucesso em transformar tráfego em receita, permitindo a avaliação do público-alvo, a eficácia das estratégias de marketing e fornecendo feedback direto do consumidor.

Ao analisar essas métricas, os blogueiros podem ajustar estratégias, compreender as necessidades da audiência e garantir a relevância contínua do blog no cenário digital. O foco vai além do conteúdo informativo, visando também a influência e a geração de valor.

As métricas de vaidade são necessariamente ruins?

Embora as métricas de vaidade não sejam a medida mais importante de sucesso para um blog, é possível usá-las como uma forma de motivação e incentivo para melhorar ainda mais o desempenho. É importante lembrar que essas métricas devem ser usadas em conjunto com outras métricas mais importantes, como vendas e receita, para ter uma visão completa do sucesso da empresa.

O problema é que muitos conteúdos tratam as métricas de vaidade como totalmente inúteis e desnecessárias, mas elas podem ser importantes na motivação diária de produção de conteúdo, que sabemos ser um tanto desmotivadora às vezes.

Conclusão - métricas de vaidade

No artigo de hoje falamos sobre as métricas de vaidade, quais são e qual o impacto delas na sua estratégia de marketing para seu blog. Esperamos que o conteúdo tenha sido claro e que todos os pontos abordados tenham te ajudado a ver essas métricas de uma maneira positiva.

Se houver quaisquer dúvidas, por favor, fale com a gente na seção de comentários logo abaixo.

Obrigado por ler até aqui. Um forte abraço!

Deixe um comentário

-

-

-

-

*Consulte condições no site

Hospedagem com até

-70

+ 3 Meses Grátis