8 Dicas para manter seu blog seguro

Com a expansão da internet e do uso de blogs e sites, crimes virtuais se tornaram cada vez mais regulares. Segundo a Symantec, acontecem 54 crimes virtuais por minuto no Brasil, desde vazamentos de dados pessoais até extorsão. E não são apenas grandes empresas que sofrem com esse tipo de violação.

Blogs e sites menores são alvos constantes de hackers, e isso acontece por que são menos protegidos. Por acreditarem que ninguém vai se interessar em invadir seus blogs, muitos proprietários não se preocupam com a segurança e acabam sendo alvos preferidos de hackers, que podem usar o domínio para fazer desde ações leves até ações mais sérias, como minerar bitcoin.

Investir em segurança para blogs e sites é ter garantia de dados protegidos, domínio seguro e tranquilidade que os investimentos feitos não serão perdidos. Por isso, listamos as 8 dicas principais de segurança para blogs que você pode aplicar agora mesmo.

Mas antes de conferir as dicas é preciso entender um pouco mais sobre os crimes virtuais que blogs estão sujeitos, assim, entendendo como as orientações de segurança podem ser melhor aplicadas.

Ataques Mais Comuns

Na maioria dos casos, os ataques são feitos com a intenção de “sequestrar” dados. Os hackers invadem os arquivos – dados de pagamentos, informações pessoais, entre outros – e os deixam criptografados, liberando esses dados novamente mediante a um pagamento.

Existem ainda outros ataques que são comuns e possuem objetivos diversos, como: DDoS (tráfego excessivo que trava blogs), Ransonware (os que sequestram os dados), Eavesdropping (interceptação de dados), Pharming (redirecionamento de páginas para sites maliciosos), Brute Force Attack (tentativa de descobrir senhas), entre outros.

Para evitar cair em qualquer um desses ataques, confira agora as 8 principais dicas de segurança para blogs e aprenda a como aplicar cada uma delas.

8 Dicas Para Segurança De Blogs

Veja 8 dicas para manter a segurança do seu blog e impedir que ele seja hackeado.

1.    Hospedar em um servidor seguro

O servidor é o local onde todos os arquivos de blogs e sites ficam guardados, além de garantir a fluidez na transferência de dados. Por isso, a escolha do servidor certo é fundamental para a proteção de todos esses arquivos.

Ao comprar um serviço de servidor, muitos escolhem a opção mais barata, pois não precisam de alguns dos recursos oferecidos e querem gastar pouco. Porém, servidores baratos não têm a segurança desejada, podendo ser alvo de hackers.

Ao escolher o servidor onde o blog será hospedado, é preciso levar em conta: O histórico e feedbacks com quem já usou o serviço, se o suporte dado é de alta qualidade e se o atendimento é satisfatório. A escolha de um servidor que tenha todos estes itens com uma ótima qualidade é mais seguro e gera menos preocupações para seus usuários.

2.    Ter certificado SSL/TLS

O SSL (Secure Sockets Layer) é um protocolo de segurança digital que protege a conexão entre site e navegador de forma criptografada. O TLS (Transport Layer Security) é a evolução do SSL, sendo amplamente utilizado atualmente.

É possível identificar o uso do SSL/TLS em sites através dos protocolos HTTPS. Quando o site possui o HTTPS significa que ele está seguro, e quando possui apenas o HTTP significa que não está.

A utilização desses protocolos de segurança faz com que a transferência de dados entre site e navegador não sejam interceptados por terceiros, protegendo assim dados pessoais como CPF, cartão de crédito, entre outros.

Para um blog conseguir o certificado SSL/TLS é preciso ir até sites na web que ofereçam esse serviço, que é disponibilizado de forma fácil e prática. Dessa maneira, a segurança de blogs fica mais forte e os usuários terão mais confiança ao usá-lo.

3.    Manter senhas fortes e sempre atualizá-las

Um dos ataques mais frequentes à blogs é através da Brute Force Attack (Ataque de Força Bruta). Esses ataques se consistem na tentativa sistemática de descobrir senhas, e muitos conseguem realizar esse feito por causa das senhas padrões que são colocadas pela maioria das pessoas.

Em blogs, é muito comum o uso da senha “admin” para administradores, o que deixa fácil o trabalho desses hackers. Para evitar ataques dessa natureza é preciso fazer uso de senhas fortes, com as seguintes características: usando oito caracteres ou mais, caracteres maiúsculos e minúsculos, além de números e símbolos no meio. É importante evitar palavras comuns e senhas que foram usadas anteriormente ou em outras contas, como e-mail e redes sociais. 

Caso você seja um administrador de blog e precisa gerenciar outros editores do mesmo, é importante se certificar que eles estão fazendo senhas fortes, pois a quebra da senha deles pode levar a infecção de todo o blog.

Outra dica importante é a atualização de senhas, pois dessa maneira a segurança fica mais blindada e torna ataques por força bruta muito difíceis de acontecer.

4.    Fazer autenticação por dois fatores

A autenticação por dois fatores é um recurso que gera uma segurança extra no processo de login. Ao colocar a senha (primeiro fator) a plataforma requer uma segunda autenticação, seja um SMS ou confirmação por e-mail.

Dessa forma, ainda que a senha seja descoberta por um terceiro, ele precisará de uma segunda confirmação para acessar a conta, impedindo assim a invasão. Além disso, a autenticação por dois fatores faz com que o usuário perceba quando houve uma tentativa de invasão, podendo melhorar sua senha e torná-la ainda mais forte.

Para ativar a função, é preciso ir nas configurações da plataforma onde o blog ou site está hospedado, ir na seção “segurança” e ativar. Com essas medidas aplicadas, a senha e o processo de login ficam muito mais protegidos de hackers e os dados permanecem seguros.

5.    Ter um bom antivírus

Possuir um bom antivírus é essencial para evitar qualquer tipo de roubo ou invasão virtual, pois ele avisa ao computador sobre qualquer ameaça que chega, seja por download ou por sites suspeitos.

Os vírus mais comuns são: Spywares (roubam senhas e logins), Malwares (roubam informações e arquivos pessoais, podendo apagá-los) e Cavalos de Troia (tem acesso remoto ao computador). Sem um bom antivírus, ameaças como essas citadas chegam ao computador e não são identificadas pelo sistema de segurança do processador, podendo fazer um grande estrago nos arquivos e dados presentes.

No momento de escolher um antivírus, faça a opção por um que tenha ótimo custo-benefício e que seja bem avaliado pelos seus usuários. Dessa forma, a navegação pela internet fica mais segura e os dados do computador, preservados.

6.    Fazer backups regulares

Mesmo com todas as dicas anteriores aplicadas, ainda podem acontecer erros acidentais ou falhas no processo que levem à perda de arquivos. Por isso, a realização de backups regulares se faz necessária, deixando dados protegidos e tendo segurança de que eles não serão destruídos por eventuais problemas.

Para escolher o backup ideal, é preciso entender qual será sua funcionalidade. Se esses arquivos serão acessados com maior regularidade, a melhor escolha é pelo backup em nuvem, pois estará mais acessível. Por outro lado, se os arquivos precisam ser apenas armazenados em segurança sem a necessidade de uso frequente, a opção mais adequada é o backup através de um HD externo.

Caso opte por esta última opção, é preciso ter atenção ao local onde os HDs de backup serão armazenados, seguindo algumas dicas simples, como: dar acesso restrito (para evitar roubos ou perdas) e escolher um local protegido de agentes nocivos (poeira, calor, umidade).

O processo de backup pode demorar bastante, e por isso é importante tornar a realização frequente e otimizada, reduzindo assim seu tempo e impacto dentro da rotina de trabalho dos operadores de sistema.

7.    Manter sempre atualizado

A atualização constante do blog/site é muito importante para melhorar ainda mais a segurança dos mesmos. A cada atualização, as plataformas trazem consigo melhorias que tornam a proteção contra Spywares e Malwares mais fortes, tornando a navegação dos usuários mais segura e os dados mais protegidos.

É importante ressaltar que as versões antigas de um blog ou site são mais vulneráveis à ataques, tornando a atualização uma parte essencial da rede de segurança. Atualizar os navegadores e os antivírus também se fazem necessários pelos mesmos motivos.

A atualização também passa pelas informações técnicas que os administradores precisam ter, pois a cada dia, novas formas de ataque surgem e estar atualizado é fundamental para se prevenir de invasões.

8. Instalar somente temas e plugins de fontes confiáveis

Nada de instalar temas ou plugins em seu blog de fontes desconhecidas ou pouco confiáveis. Esses sites que permitem baixar temas premium de graça podem esconder vírus e outros malwares bem difíceis de remover depois.

O WordPress.org tem um diretório com milhares de temas e plugins totalmente gratuitos para você instalar em seu blog. Não é preciso gastar nada para ter acesso a designs incríveis e funcionalidades que levam seu blog para outro patamar em relação a concorrência.

A instalação de temas e plugins crackeados é o motivo número #1 que leva pessoas a terem seu site ou blog invadidos por hackers.

Conclusão

Neste artigo, você viu quais são os ataques mais comuns de vírus, como se proteger deles e outras dicas para aumentar a segurança de blogs e sites. Você pode começar agora mesmo a implementar essas orientações, tornando seu site mais seguro e ficar livre das preocupações.

Faça um check list, veja em quais aspectos seu blog está mais vulnerável e corrija esses pontos, evitando ataques e protegendo seus dados, além de oferecer mais segurança aos seus leitores.

Deixe um comentário

*Condições no site